Vereadores e gestores da Santa Casa em reunião na Câmara

Valor é referente a todos os meses de 2019.  Matéria será votada na sessão de 04/02

A Santa Casa é tema recorrente no início de cada ano. Na primeira sessão ordinária de 2019, que será na segunda-feira (04/02), às 18h30, os vereadores vão apreciar projeto de lei que destina R$ 8,2 milhões à entidade.

O valor refere-se a todos os meses de 2019, para execução de ações de urgência e emergência.

Os vereadores da Comissão de Justiça e Redação e o presidente da Câmara se reuniram, na manhã de quinta-feira (31/01), com a secretária de Saúde Fernanda Bonfante, com o médico Marco Antonio Sgarbi e com o interventor da Santa Casa, Joel Ribeiro dos Reis.

Os vereadores explicaram o processo de votação da matéria e ouviram os detalhes e urgências do plano de trabalho da Santa Casa para uso dos recursos da subvenção social.

Autorização única ou fracionada?

O texto original do projeto enviado à Câmara prevê apenas uma autorização legislativa para o repasse dos R$ 8,2 milhões. Esse ponto deve ser debatido pelos vereadores na sessão de 04/02. É prevista emenda que fraciona os valores para autorizações legislativas trimestrais de repasses.

Ainda que a Câmara aprove o texto original, com apenas uma autorização no ano, os repasses financeiros serão fracionados, levando-se em conta a disponibilidade de caixa da prefeitura e a execução do plano de trabalho da entidade.

A sessão de votação do projeto será na segunda-feira (04/02), às 18h30.

Jornalismo – Câmara Municipal