Logotipo da campanha

Campanha começa com reunião na sexta-feira (24), na Secretaria de Desenvolvimento Social

 

Qualquer pessoa que costuma dirigir por Itápolis já se deparou com a cena: o semáforo fecha, uma pessoa se aproxima dos carros parados pedindo por um trocado. “Qualquer quantia ajuda”, parece dizer. Um ou outro motorista estica o braço para fora e deixa moedas. O sinal abre e, depois disso, ninguém saberá que destino terá aquele dinheiro.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Itápolis lança nesta sexta-feira (24), às 09h, na sede da pasta, localizada na Avenida dos Amaros, 697, campanha para incentivar a população a não dar esmolas. A intenção é estimular quem se deparar com uma situação dessas a acionar a Assistência Social para que os moradores de rua tenham acompanhamento. No lançamento da campanha, serão discutidos com as autoridades civis e militares métodos efetivos para buscar resolver a situação.

"A participação efetiva da população gera mudanças e demonstra que o problema é nosso, da sociedade em geral. O desenvolvimento da autonomia dos moradores de rua e a valorização dos direitos humanos mostra que podemos contribuir com cidadania e não com esmolas", apregoa o secretário de Desenvolvimento Social, Antônio Roberto Puzzi.

Matéria reproduzida do endereço eletrônico oficial do município de Itápolis