Captura de imagem da transmissão da sessão

Repúdio a cursos à distância na área de Saúde foi aprovado. Proibição de uso de carro oficial por vereadores não tramita mais

A Câmara de Vereadores de Itápolis se reuniu na primeira sessão ordinária de maio na noite de segunda-feira (06). Os requerimentos ao prefeito foram a principal matéria legislativa da Ordem do Dia.

O único projeto aprovado foi do vereador Rodrigo Novelli (PRB) que cria a Marcha para Jesus e insere o evento no Calendário Oficial do município.

De acordo com a matéria, a Marcha para Jesus deve acontecer anualmente, no primeiro domingo que antecede o dia 20 de outubro, data de aniversário da cidade.

A única moção aprovada teve autoria conjunta de Edmércia Micheletti (PSB) e Tonicão D’Agostino (PSDB) e repudiou a liberação de cursos à distância na área de Saúde.

Evandro Yashuda, delegado da seccional de Araraquara do Conselho Regional de Farmácia, fez uso da Tribuna e destacou a incompatibilidade e perigo da educação à distância em cursos em que há contado direto do profissional com o paciente.

O único vereador que discordou foi Ricardo Negrão (PTB), com argumentos em torno da modernidade e que o ensino deve ser considerado com base na dedicação e competência do aluno, e não na forma de transmissão do conhecimento.  No final da sessão, o vereador pediu retificação do voto, mas a retificação pode ser feita apenas até a proclamação do resultado.

Podcast. Clique e ouça a versão em áudio desta notícia

Pauta da sessão. Clique e veja as proposições

Emendas impositivas e retirada de projeto 

No início da sessão, os vereadores protestaram contra ofício expedido pelo prefeito lido no expediente, informando que parte das emendas impositivas dos vereadores Ricardo Negrão, Rodrigo Novelli, Professor Antonio e Edmércia Micheletti não poderia ser executada. Os vereadores entenderam que deve ter havido equívoco na redação do ofício.

Também logo após a leitura dos materiais, o vereador Alex Avansi (DEM) retirou da Câmara projeto de resolução que pretendia proibir uso do veículo oficial e adiantamentos para vereadores em viagens oficiais.

Requerimentos

Se foram poucos os projetos e moções, os requerimentos ao prefeito abundaram na sessão de 06 de maio. 13 deles foram aprovados, com muitos votados em bloco.

Seis deles tiveram autoria de Rodrigo Novelli:

Requerimento 38/2019 – informações atualizadas acerca da reforma do prédio da Unidade Básica de Saúde do Jardim 2000.

Requerimento 46/2019 – informações atualizadas sobre projetos de construção de moradias populares nos Distritos de Tapinas e Nova América.

Requerimento 48/2019 – informações referentes aos horários de atendimento médico realizados nos distritos de Tapinas e Nova América.

Requerimento 49/2019 – informações referentes a abertura de concursos públicos para médicos em 2019.

Requerimento 50/2019 – informações referentes a projetos que envolvam os pontos de alagamento e enchentes no Município.

Requerimento 51/2019 –informações referentes ao convênio firmado entre o Município e o Estado de São Paulo para implantação do polo da UNIVESP.

Dois requerimentos foram de Miriana Amatto (PR)

Requerimento 52/2019 – prestação de informações referentes ao CER – Centro Especializado em Reabilitação. Este requerimento gerou debates quanto a possibilidade de transformar o local em uma Unidade Básica de Saúde.

Requerimento 53/2019 – O prefeito deve Informar se em todas as Unidades Básicas de Saúde há profissionais da área de enfermagem durante o período integral, discriminando quantos são os técnicos de enfermagem e quantos são enfermeiros graduados.

Dois requerimentos foram de autoria de Edmércia Micheletti.

Requerimento 54/2019 – prestação de informações referentes ao recolhimento de animais mortos no Município.

Requerimento 56/2019 – complemento de envio de documentos e informações relacionadas ao estoque de precatórios em que o município figura como devedor.

Dois requerimentos tiveram autoria de Ricardo Negrão

Requerimento 58/2019 – informações sobre o evento “5º Encontro de Fuscas & Carros Antigos de Itápolis” que será realizado no dia 09 de junho de 2019.

Requerimento 55/2019 – informações sobre os serviços de equoterapia no município.

O último requerimento teve autoria do presidente Marcelo Martins (PSL) e questionou o prefeito se houve processo de licitação no evento de 1º de maio realizado pela prefeitura na Praça da Bíblia.

A próxima sessão ordinária será na segunda-feira que vem, dia 13 de maio de 2019, às 18h30.

→Assista à sessão de 06 de maio

Jornalismo – Câmara Municipal