Plenário, na sessão de 22/4

Edmércia Micheletti, Tonicão D’Agostino e Miriana Amatto comporão comissão processante

Os vereadores aprovaram abertura de comissão processante contra o presidente da Câmara, vereador Marcelo Martins (PSL), para averiguação de quebra de decoro parlamentar em relação ao caso da ambulância, ocorrido na quinta-feira (18/4).

A admissão de denúncia apresentada pelo eleitor José Eduardo dos Santos Motta se deu na sessão de Câmara da noite de segunda-feira, dia 22 de abril. Todos os vereadores votaram pela abertura, inclusive o suplente Paulo Santos da Silva (PRP), convocado para o processo de admissão.  

Os vereadores Edmércia Micheletti / PSB (presidente), Tonicão D’Agostino / PSDB (relator) e Miriana Amatto / PR (secretária) foram sorteados para compor a comissão processante e terão 90 dias para analisar documentos, ouvir testemunhas e apresentar parecer pela cassação do mandato ou absolvição de Marcelo Martins.

Veja o texto da representação

Veja as imagens da sessão de 22/4

Podcast. Clique para ouvir o áudio desta notícia

Caso da Ambulância

Marcelo Martins é acusado de quebrar o decoro parlamentar ao andar, com motorista da prefeitura, pela cidade de Itápolis e distrito de Tapinas na ambulância, comprada após indicação de emenda impositiva de sua autoria. O presidente da Câmara teria se valido da prática de promoção pessoal com uso do bem público. Na viagem a Tapinas, a ambulância se envolveu ainda em uma pequena colisão com outro veículo.  

Assista à sessão de 22/4

Jornalismo – Câmara Municipal