Secretário Richard Ghussn em explanação sobre a Toledo

Secretário apresentou os números com base em tabela atual. Patrulha Mirim é homenageada pelo aniversário de 40 anos

A reforma da Escola Toledo novamente foi tema de destaque na Câmara. Na sessão da noite de quarta-feira (28/11), o secretário de Obras Richard Ghussn e o adjunto Alan Ribeiro atenderam convocação dos vereadores e anunciaram que a continuidade da reforma se dará apenas depois de novo processo de licitação. A reforma parou novamente no início de novembro, quando a empresa contratada assumiu não ter condições de continuar.

O secretário Ghussn projetou novo término para o meio do ano que vem, porém com custo muito mais elevado, conforme tabela atual da construção civil.

O custo inicial da reforma, apurado em licitação no final do ano passado, foi de R$ 514 mil. Pelo mesmo parâmetro, restariam para pagar R$ 393 mil. De acordo com o secretário, em valores atuais, os números chegariam a, aproximadamente, R$ 790 mil para finalização da reforma, ou seja R$ 400 mil a mais.

Richard Ghussn afirmou categoricamente que, naquilo que foi feito da reforma, não houve pagamento além do que foi de fato executado. O diagnóstico é de que a empresa deu descontos elevados na proposta de licitação e não conseguiu suportá-los. Depois, concordou em deixar a obra.

Quanto à hipótese de a prefeitura executar a obra com meios próprios, os representantes do Executivo rechaçaram a possibilidade. A prefeitura não dispõe de mão-de-obra suficiente. Apenas quatro pedreiros estão em atividade.

Muitos números foram apresentados pelo secretário de Obras, o que fez com vereadores protestassem contra a dinâmica da exposição.   

Uma nova licitação da reforma depende de estudos sobre ajustes orçamentários.

Imagens da sessão (fotos de Valentim Baraldi)

Patrulha Mirim

A sessão do dia 28 teve também homenagem pelos 40 anos da Associação Itapolitana de Educação e Assistência, a Patrulha Mirim.

No dia 04 de dezembro de 1978, Yolanda Therezinha Santoro, Antônio Oswaldo dos Santos e Zuleide Gomes Gonçalves fundaram a entidade.

O foco de atuação da Patrulha Mirim é a formação complementar de jovens e o ingresso deles no mercado de trabalho como aprendizes.

Tiro de Guerra

O término das instruções de 2018 do Tiro de Guerra motivou entrega de certificados na noite de quarta-feira.   

Os recrutados Yan Victor Mazer Bueno (atirador destaque), Luís Henrique Amaro Pereira (atirador destaque do curso de formação de Cabo), Vinicius José Soares (melhor atirador combatente) e Jeferson da Silva de Moura (melhor atirador na aptidão física) foram homenageados pela Câmara no início da sessão.  

A próxima sessão ordinária será na quarta-feira que vem, dia 05 de dezembro, às 18 horas.  

→Assista à sessão de 28/11

Jornalismo - Câmara Municipal