Sessão de 21 de novembro

Três proposições mencionaram o tema. Sessão teve ainda suplementação de verbas e diárias para motoristas

A paralisação da obra de reforma e ampliação da Escola “Professor José Toledo de Mendonça” dominou os debates da sessão de Câmara da noite de 21 de novembro.  

Na Ordem do Dia, três matérias abordaram o tema. Rodrigo Novelli (PRB) pediu explicações ao prefeito sobre a paralisação e a estimativa de conclusão da obra. Ricardo Negrão (PTB) convocou o secretário Richard Guhssn (Obras) para prestar esclarecimentos à Câmara e Professor Antonio (MDB) apelou ao prefeito para agilidade na conclusão da reforma e para que os alunos, nas instalações provisórias, tenham melhores condições.

Depois de muito tempo paralisada, a reforma da Toledo foi retomada neste ano. No início de novembro, por problemas com os empregados, a construtora responsável paralisou os trabalhos.

Problemas de obras outras escolas municipais também foram discutidos.

Projetos de Lei

Quatro projetos alteraram o Orçamento vigente de forma a promover suplementação de R$ 4,2 milhões. Boa parte dos recursos será canalizada para folha de pagamento de final de ano dos servidores do Executivo. R$ 2,5 milhões da movimentação são recursos provenientes de excesso de arrecadação. R$ 1,7 milhão se destinam à anulação de dotações.

O último projeto votado criou o regime de diária dos motoristas da prefeitura. Considerando as refeições café da manhã, almoço e jantar, os motoristas receberão R$ 75,00 se viajaram para cidades do interior do estado e R$ 115,00 para viagens à capital paulista ou cidades de outros estados. O projeto motivou discussões entre os parlamentares.  

A sessão teve também indicações, outras moções e requerimentos dos vereadores.

Veja toda a pauta da sessão

Moção Nº 58/2018, do vereador Ricardo Negrão - Moção de Repúdio ao Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), GILMAR FERREIRA MENDES, pela suspensão monocrática da obrigação legal dos bancos compensarem seus clientes por perdas financeiras decorrentes dos planos econômicos das décadas de 1980 e 1990.

Moção Nº 59/2018, de autoria de Professor Antônio – Moção de Apelo para que o presidente Michel Temer vete o projeto de aumento de 16,38%, aprovado pelo Senado Federal em 07 de novembro de 2018.

Requerimento 152/2018, do vereador Tonicão D’Agostino (PSDB) - requer informações se existe previsão de execução de melhorias no asfalto e guias das vias do bairro Jardim 2000.

Requerimento 153/2018, também do vereador Tonicão- requer informações sobre veículos da Secretaria de Saúde que estão parados e sem utilização.

O próximo encontro ordinário da Câmara será na quarta-feira que vem, dia 28/11, às 18 horas.  

→Assista à sessão de 21/11

Jornalismo – Câmara Municipal