Em pé, vereadores rejeitam denúncia

Sessão teve homenagem a escritor Perseu Gentil Negrão, debate sobre geração de emprego e paralisação da reforma da Toledo

A Câmara de vereadores se reuniu na última sessão ordinária do mês de agosto, na noite de quarta-feira (29).

Os vereadores arquivaram por unanimidade representação formulada pelo eleitor Rony Calçada contra o vereador Marcelo Martins (PSL) por possível quebra de decoro parlamentar. O suplente de Martins, Paulo Santos da Silva (PRP), foi convocado e participou da votação. Uma hora e meia antes da sessão, o eleitor Rony Calçada pediu a desistência da representação, mas o presidente Alex Avansi (DEM) indeferiu e manteve o documento na pauta.

Os vereadores se sucederam na Tribuna e lamentaram o fato de terem de apreciar um documento que não gera qualquer tipo de benefício ou progresso ao município.

Entre as moções aprovadas, a sessão teve homenagem do presidente Alex Avansi (DEM) a Perseu Gentil Negrão, Procurador de Justiça do Ministério Público do Estado de São Paulo, pela recente publicação do livro “Escrevinhando Causos e me Emocionando”.

No curso da homenagem, a jornalista Luana Morais, do Jornal de Itápolis, valorizou a personalidade de Perseu Gentil Negrão e ofereceu um exemplar do livro “Escrevinhando Causos e me Emocionando” ao presidente da Câmara. O homenageado escreve semanalmente colunas no Jornal de Itápolis.

Requerimentos também figuraram na Ordem do Dia. O requerimento 120/2018, do vereador Rodrigo Novelli (PRB), pediu informações atualizadas ao prefeito acerca da instalação de novas empresas no município. O requerimento foi elogiado por outros vereadores na Tribuna.

A paralisação até o dia da sessão da reforma da Escola Professor José Toledo de Mendonça também foi debatida. A vereadora Edmércia Micheletti (PSB) apresentou requerimento com perguntas ao prefeito, entre elas o porquê da paralisação, se há previsão de retorno das obras, quanto foi pago pela prefeitura e o que foi feito pela construtora.

O requerimento provocou manifestações dos vereadores na Tribuna sobre mais esta paralisação das obras da Escola.

Projeto de lei

De autoria do prefeito, os vereadores aprovaram projeto de lei que autoriza o Executivo a firmar convênio para cessão de servidores à Vara do Trabalho de Itápolis. O Tribunal Regional do Trabalho fica responsável pelo reembolso dos salários dos funcionários cedidos.

 Requerimentos e Moções

A sessão de 29/8 teve também outros requerimentos e moções aprovados.

Moção 32/2018 – do vereador Tonicão D’Agostino - Homenageia senhores Waldecir Antônio Colombo, Valdir Alves de Oliveira e Thiago Antônio Colombo pelas atuações em diversos campeonatos de Supino.

Moção 37/2018 – de autoria do presidente Alex Avansi - Moção de Aplauso ao vereador e ex-prefeito Marco Antonio Da Fonseca (PTB), do município de Ibitinga, pelo intermédio junto a deputados e governos federal e estadual para liberação de recursos em favor de Itápolis.

Moção nº 39/2018, de autoria de Professor Antônio Cruz (MDB) - Congratulação à Escola Estadual Valentim Gentil, em comemoração aos 89 anos de existência.

Requerimento 71/2018 de autoria do vereador Ricardo Negrão (PTB) - convoca os secretários municipais de Planejamento Urbanístico Clóvis Mancinelli e de Obras Richard Ghussn, para prestar esclarecimentos sobre obras paradas e continuidade delas e a atuação das secretarias.

Requerimento 109/2018, do vereador Ricardo Negrão – requer informações atualizadas acerca da adequação de pagamentos dos salários dos membros da Guarda Civil Municipal requeridas à Prefeitura Municipal no início de janeiro de 2017.

Requerimento 115/2018, do vereador Tonicão D’Agostino (PSDB) – requer informações sobre o processo de aquisição do aparelho de tomógrafo da Santa Casa de Itápolis.

Requerimento 117/2018, do vereador Tonicão D’Agostino – requer informações sobre a expedição de ato fixando denominação de vias públicas solicitadas pelo vereador.

Requerimento 119/2018, de autoria de Ricardo Negrão – requer informações atualizadas acerca do Centro de Inclusão Digital do Distrito de Tapinas.

A próxima sessão ordinária será na quarta-feira que vem, dia 05 de setembro, às 18 horas. 

→Assista à sessão de 29/8

Jornalismo – Câmara Municipal