No período, foram 23 sessões de Câmara. 52 novas leis entraram em vigor

A conclusão de um período sempre abre a possibilidade de apresentação da produtividade traduzida em números. O primeiro semestre de 2018, que é o segundo ano deste mandato, mostrou mais de mil documentos apresentados na Câmara de Itápolis, considerando matérias legislativas, ofícios e outros expedientes dos vereadores.

As indicações foram o gênero de matéria legislativa mais comum nos primeiros seis meses de 2018: 321 documentos de autoria dos vereadores pediram ou apontaram ao prefeito soluções para os problemas do município.

Outras matérias também foram frequentes.

52 novas leis entraram em vigor, totalizando 3418 normas jurídicas produzidas em Itápolis desde janeiro de 1948, quando a atual ordenação numérica de leis começou a vigorar.

Ouça aqui o podcast desta notícia

Mais números

O primeiro semestre contabilizou 23 sessões de Câmara, sendo 21 ordinárias, uma extraordinária e uma solene. Os encontros produziram, entre as matérias mais relevantes, 59 projetos de lei ordinária votados, 93 requerimentos aprovados, 23 moções também aprovadas, 15 emendas e quatro vetos apreciados.

Julho é mês de recesso parlamentar e a Câmara se reúne em sessões extraordinárias convocadas com até 48 horas de antecedência. As sessões ordinárias são retomadas em agosto.

Veja o relatório e o texto das matérias do primeiro semestre de 2018

 

Jornalismo – Câmara Municipal

 

Acompanhe a Câmara de Itápolis nas redes sociais

facebook.com/camaramunicipaldeitapolis                          twitter.com/camaraitapolis

youtube.com/CâmaraMunicipalItápolis                               instragram.com: camaraitapolis

Site: www.camaraitapolis.sp.gov.br                                     E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.