Volumes processuais das contas de 2015

Apesar de déficit, Tribunal de Contas recomendou aprovação

Todos os vereadores aprovaram as contas municipais de 2015. O tema fez parte da ordem do dia da sessão de 11 de outubro.

Veja todas as matérias da sessão

Aspectos como limite de gastos com pessoal, gastos com ensino e saúde satisfizeram as exigências legais, o que levou o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, órgão auxiliar do Legislativo no controle externo, a recomendar a aprovação.

A recomendação foi seguida pela Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara e pelos demais vereadores. Ninguém se opôs a aprovação.

O relatório da Comissão, que se valeu de dados do Tribunal de Contas, apontou, porém, aumento de 115% do déficit financeiro de 2014 para 2015. No exercício, o saldo negativo ficou em R$ 6,6 milhões, valor menor que a média mensal de arrecadação da prefeitura.

Em 2015, Zequinha Kawachi (PSDB), Edmércia Micheletti (PSB) e Guto Biella (PTB) ocuparam o posto de prefeito municipal.  

A sessão teve também requerimentos, moções e indicações de autoria dos vereadores.

A próxima sessão ordinária será na quarta-feira, dia 18 de outubro, às 18 horas.

Assista à sessão de 11 de outubro

Jornalismo – Câmara Municipal