Parcelamento de água está na pauta

Sessão será na quarta-feira (24), às 18 horas

A Câmara Municipal se reúne em mais uma sessão ordinária, na quarta-feira (24), às 18 horas. Parcelamento de contas de água e assuntos referentes ao turismo devem dominar os debates na sessão.

Turismo

A intenção de Itápolis em conseguir o selo estadual de município de interesse turístico leva dois projetos à Ordem do Dia.

O primeiro transfere as atribuições do Turismo local para a secretaria de Cultura. Atualmente, o Turismo está apensado na secretaria de Esportes. A matéria foi retirada da pauta da sessão anterior e retorna na reunião do dia 24.

A segunda proposição estabelece a política municipal do setor, com o Plano Municipal de Turismo. O projeto mostra objetivos e diretrizes da área.

A exposição da proposta à população se dará em audiência pública, às 16 horas do dia 24, na Câmara Municipal.

Parcelamento de contas em atraso

O parcelamento de contas de água em atraso deve gerar debates na sessão. A matéria também estava inscrita na Ordem do Dia da sessão passada, mas um pedido de vistas transferiu a votação para 24/5.

Débitos de até R$ 2 mil poderão ser parcelados em até 36 vezes. De R$ 2 mil a R$ 5 mil, em até 48 vezes e acima de R$ 5 mil, em até 60 vezes. O valor mínimo da parcela é de R$ 20,00.

O texto do projeto do Executivo diz também que, para conseguir o parcelamento, o usuário em atraso deve ter as contas de água de 2017 pagas em dia.

O ponto polêmico é o dispositivo que determina que o valor do parcelamento deve ser incluído na conta de água de consumo mensal. O vereador Ricardo Negrão (PTB) apresentou emenda que pretende inserir o valor do parcelamento em boleto diferente da conta ordinária.

A alegação é de que a falta de pagamento do parcelamento não pode sujeitar o consumidor ao corte do fornecimento.

Uma dezena de requerimentos e outras indicações e moções também comporão a sessão de 24/5.

Jornalismo – Câmara Municipal