Câmara, que se reúne na quarta (01), às 18h

Prorrogação de prazo para construção da Casa do Advogado e extinção de cargos de confiança do SAAEI estão na pauta

 

A Câmara de Vereadores de Itápolis se reúne em sessão ordinária na quarta-feira (01/6), às 18 horas.

O primeiro item da pauta deve ser o projeto que cria a jornada parcial de 30 horas de trabalho na semana para os professores da educação infantil. A jornada está dividida em 20 horas de trabalho com alunos, mais três horas de trabalhado pedagógico coletivo e sete horas de trabalho pedagógico livre.

Entre os professores que já fazem parte do quadro da prefeitura, a adesão é permitida àqueles que estão enquadrados na jornada de 24 horas na semana.

Caso aprovada, a jornada de 30 horas se junta às jornadas de 24 e 40 horas de trabalho da educação infantil previstas no Plano de Carreira do Magistério.

O segundo projeto de lei, também de autoria do prefeito, extingue os cargos de assessor jurídico, com provimento de livre nomeação (cargo de confiança), do Serviço Autônomo de Água e Esgoto.

O último, prorroga até 31 de dezembro de 2017 o prazo para conclusão da obra que servirá como sede da Casa do Advogado, na confluência entra a Avenida Florêncio Terra e Rua Barão do Rio Branco. Em junho de 2011, o município doou a área para a Ordem dos Advogados do Brasil. O prazo inicial para conclusão era de dois anos. Em seguida, o prazo foi aditado até 31 de dezembro de 2015. Agora, o novo prazo vai até 31 de dezembro de 2017.

Emenda de autoria dos vereadores Lourival Tomé (PR) e Vanderlei Araújo (PSDB) determina que o novo prazo é improrrogável.

Além dos projetos, requerimentos e indicações dos vereadores comporão a sessão, que começa às 18 horas, com transmissão ao vivo pelo site oficial. 

Jornalismo - Câmara Municipal